segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Hey, teacher, leave the kids alone!

Lembro que nas aulas de psicologia da faculdade estudávamos bastante a motivação das pessoas no ambiente de trabalho. A Mari fez até pesquisa sobre o assunto, e eu sempre concordei que o sucesso profissional é proporcional ao fator motivacional. A Mari dizia que reconhecimento era a maior motivação que poderíamos receber, e eu, dizia que dinheiro era a maior motivação que existia. Hoje, com quase 10 anos de formada, mudei um pouco a minha opinião. Ainda acho que o dinheiro é grande motivador mas não acho mais que seja o maior.
Não sei se todos sabem, mas durante um ano, fui professora de inglês lá em Mogi das Crizes. I loved being a teacher! Sentia que além de me divertir eu ainda recebia pra isso. Eu amo a língua e amo conviver com pessoas diferentes, de idades diferentes e histórias diferentes. Quando era uma teacher, eu sentia como se a vida dos meus students fosse uma série de tv que eu acompanhava em capítulos exibidos 2x por semana, nos quais eu era responsável pelas legendas...uma viagem né?!? Ok, Ok, eu só tinha 20 anos...
Enfim, comecei a escrever este post porque hoje acho que o reconhecimento de outra pessoa pelo seu trabalho, ou qualquer outra atitude que você tenha tido, é uma das maiores motivações que podemos ter na vida, e que as pessoas são os maiores presentes
que essa vida nos dá. Não tem dinheiro que compre gente, e não tem amor que seja comprável.
Bom, a real inspiração deste post foi um email fofo que recebi de um de um ex aluno. Transcrevi alguns trechos.

"... tive uma excelente professora ....aprendi muito com vc Ju , aquele teu jeito meio doida que me assustava no começo e eu não entendia quase nada , foi o que mais me fez aprender ....
Em um ano fui 3 x aos States e sempre me lembrava de vc. Lembra que falávamos de ir juntos pra lá e vc dizia que eu deveria me esforçar pra falar em inglês, lembra ???
Então na penúltima viagem, fiz a costa da Califórnia e fui de Los Angeles a San Diego, lá até São Francisco e de São Francisco pra Las Vegas ... tudo de carro e boa parte da viagem nem hotel tinha reservado pq não sabia qto tempo iria querer ficar em cada lugar ....Fiquei feliz por me virar bem!
Em nenhuma das vezes fui através de agência de turismo , sempre me virando sozinho com passagem , reserva de show , hotel , aluguel de carro ... enfim estou me dando bem por lá !!! Ah ... em Las Vegas assisti show da Cher e lembrei de vc tbm ....rs!
Nesse ano estou entrando nos livros avançados da escola, e acho que viajar é tudo! ".

Não é uma delícia ler isso depois de quase dez anos?!? Ter essa certeza que que fiz algo certo é priceless!Má, thank you so very much for being such a great student and for sending me this cute email!

XOXO

4 comentários:

Tatu disse...

Nem tudo que gostamos é suficiente para pagar nossas contas mas concordo que fazer com prazer é o principal motivo para fazer bem feito e quem sabe ai a roda começa a girar, se ganha mais e etc... Sorte aos corajosos!

Daniel disse...

Muito bommmmm!!!

Anônimo disse...

Fiquei feliz por estar fazendo parte do seu blog e por de certa forma ter te deixado feliz... saiba que é de coração mesmo , realmente vc marcou minha vida aprendi a gostar do inglês , me dedicar aos estudos e muito do que aprendi e aprendo até hj devo a vc , vc foi fundamental pra isso tudo ....

Sabia que hj eu detesto qdo. a professora fala em português na aula .....hehehehe... culpa sua !!!!

Vc era uma excelente profissional seu jeito único de ensinar realmente fez a diferença , pena pra nós alunos que te perdemos , porém sua vida profissional tomou outro caminho e espero que vc seja feliz nela ...Lá na escola já tive diversas professoras , porém vc continua sendo única ... O sol nasce para todos , porém brilha para poucos e vc é iluminada , pois consegue aliar o conhecimento com o dom de ensinar de uma maneira diferente e ainda divertida !

Se um dia voltar a dar aula já tem aluno garantido.

bjo

Marília disse...

Ju??? não sabia desse seu passado de teacher!!! que delícia!
amei seu texto... despertou algo dentro de mim, pois estou nesse dilema... dinheiro é bom, mas trabalhar com ideal e com alegria é priceless, com pessoas que nos acrescentam ainda mais... e qdo não há o bonus nem de $$ nem de pessoas, realmente pesa... saudade! próximo sábado vem tomar um drink na minha casa nova!!! :) BJO!!!